sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

A união que faz um blog


A partir do dia 1 de janeiro, não nos encontraremos mais aqui neste endereço. Aos amigos que sempre visitam este espaço posso dizer que o blog dará uma "guinada" na sua história, pois estará se unindo ao blog do amigo Gervásio Neto, criando assim um espaço mais ágil e interessante aos amigos leitores. A partir do primeiro dia de 2009, você deve acessar o sociedadeblog.blogspot.com e por lá nos encontraremos a partir de então. Muitas novidades, agilidade na informação e a união com o advogado e dublê de jornalista Gervásio Neto, de certo fará o novo endereço mais atraente. Outros blogueiros poderão aderir ao longo dos dias, fazendo assim o Sociedade Blog um lugar bastante interativo. Juntos chegamos à conclusão de que unindo nossos espaços, poderíamos dar mais qualidade de informação aos nossos amigos leitores, pois temos blogs afins. Além disso, o surgimento de novos blogs a todo tempo, acaba pulverizando demais o espaço. A todos que por aqui passaram neste ano que se finda, o meu muito obrigado e que em 2009 possamos estar mais juntos do que nunca. Eu entro num rápido período de férias onde ficarei distante do computador por opção, voltando com todo gás no ano que vêm. FELIZ 2009 !!!!!

Cedae deixa Campos de vez


Acima você confere a foto da nova sede da CEDAE que deixou de ser em Campos desde o dia 15/12/2008, e atenderá na cidade de SJB na Av. Rotary, 1126 logo na chegada da cidade, onde funcionará os setores Administrativo e Comercial da Região Norte do Estado, que abrange os municípios de São João da Barra, São Fcº do Itabapoana, Cardoso Moreira, Italva e São Fidélis. Os funcionários que ainda trabalhavam em Campos desde a semana passada já marcam presença em São João da Barra. A mudança está alterando a rotina de muitos funcionários que ainda moram em Campos e terão que fazer o trajeto diariamente para a cidade vizinha.

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Gabeira fala sobre enchentes



Em seu blog, Fernando Gabeira escreveu um texto sobre sua visita a Santa Catarina e Campos. Confira na íntegra o que o Deputado escreveu.



Fiz uma rápida viagem a Santa Catarina e Campos (RJ) para aprender como estamos reagindo às enchentes. Ainda há muito que estudar.Em Campos, soube que 119 casas populares, inacabadas, foram invadidas pelos desabrigados. Acontece que foram construídas para os que perderam suas casas nas enchentes anteriores.Tanto em Santa Catarina como em Campos o problema é comum: a ajuda federal custa tanto a chegar que só consegue alcançar o próximo desastre. Qual o caminho para superar este problema? Uma das fórmulas é criar um fundo nacional, evitando responder com medidas provisórias cada vez que caem as grandes chuvas.Tanto Santa Catarina como Campos têm tradição de naturais. Os catarinenses produziram um atlas das principais catástrofes.Mas em nenhum lugar onde houve grandes chuvas vêem-se obras planejadas de prevenção. Uma lacuna. Outra lacuna: as forças políticas continuam considerando um humanismo lutar para que as famílias continuem morando em lugares perigosos.No auge das chuvas aqui, foi criado na Polônia um fundo internacional para adaptação das mudanças climáticas. Será gerido pelo Banco Mundial e é uma fonte para planos nacionais.Só em fevereiro/março teremos um balanço completo do que se passou no país. Uma coisa ficou clara em Campos. Quando não crê nos políticos, a se distancia. O prefeito desapareceu e a sucessora teve suas contas bloqueadas.Sem governos respeitados, será difícil um plano nacional de adaptação e mitigação. Na verdade, tudo será difícil, pois a maioria acha essa conversa sobre prevenção uma nova versão da ecochatice. As chuvas de verão são a chance de colocar o problema na agenda. Antes do próximo desastre.

Decisão sobre mais vereadores fica para 2009

O Supremo Tribunal Federal deve decidir apenas em 2009 se aprova ou não a emenda constitucional que cria 7.343 vagas de vereadores no país. O STF foi acionado pelo presidente do Senado, Garibaldi Alves (PMDB-RN), depois que o presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), decidiu não promulgar a emenda. Os deputados consideraram que a modificação feita no Senado deixou de limitar os gastos das câmaras municipais, condição imposta para o aumento no número de vereadores. O presidente do Supremo, Gilmar Mendes, dificilmente vai conceder a liminar pedida por Garibaldi que, ao Estadão, lamentou a discordância com a Câmara, após um ano de “entendimento salutar” entre as casas. O relacionamento entre os presidentes da Câmara e do Senado já não é assim tão "salutar" desde a devolução, por Garibaldi Alves, da medida provisória 446, que trata da certificação de entidades filantrópicas, que já havia sido aprovada pela Câmara.

Concurso para a Polícia Civil


A Polícia Civil do Rio de Janeiro está com incrições abertas para 300 vagas de oficial de cartório com salário de R$ 1.676,76. Das vagas, 15 serão reservadas a portadores de deficiência. Na primeira etapa os candidatos precisam estudar Língua Portuguesa, Conhecimentos de Direito e noções de informática. Confira o edital completo clicando aqui.

Resultado da "Choque de Ordem"


A cidade de Campos estava precisando. A sensação de intranquilidade já estava se tornando insustentável. Esperamos que ações como essas de ontem sejam constantes. é isso que o cidadão de bem quer. Ao todo, nove pessoas foram presas na Operação “Choque de Ordem”. A mega-operação envolveu um efetivo de cerca de 200 homens e começou bem cedo, logo às 5h da manhã com 200 mandados de prisão e mais 30 de busca domiciliar.




foto: Antunys Clayton - rádio Plataforma

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

"Tropa de elite osso duro de roer"

O jornalista Ricardo André Vasconcelos acaba de postar em seu blog que dezenas de policiais civis, militares e federais estão, desde o início da manhã, realizando uma grande operação em Campos. As primeiras informações são de que estão cumprindo cumprindo cerca de 200 mandados de prisão e busca e apreensão. Agora há pouco estavam na comunidade do Matadouro.

Águas estão baixando e cidades contabilizam prejuízos


Através de uma nota a Marinha do Brasil confirmou que fará uma operação de apoio à Defesa Civil do Estado do Rio no atendimento às vítimas das enchentes na regiões norte e noroeste fluminense. Os municípios de Santo Antonio de Pádua, Natividade, Itaocara, Aperibé, Bom Jesus de Itabapoana, Italva, Porciúncula, Campos, Cambuci, Itaperuna e Lajes do Muriaé estão com estado de emergência decretados.

No município de Cardoso Moreira a situação ainda é grave, mesmo com a diminuição da enchente. Por isso, foi decretado estado de calamidade pública no município. Cerca de 10 mil dos 12 mil habitantes da cidade tiveram perdas ou estão desabrigados por causa das fortes chuvas. Mas a ajuda está chegando rápido e ontem Cardoso recebeu as primeiras doações do governo federal.

Em Pádua a situação começa a se acalmar. A cidade tem muita lama, as pessoas começam a limpar as casas, mas o trabalho será árduo, pois a lama que invadiu as casas é grossa, sem falar no cheiro forte. O abastecimento de água ainda não foi normalizado. Pelas ruas o que se percebe é um verdadeiro um depósito de entulhos (foto). Por todos os lados o que se vê são móveis, portas, eletrodomésticos e roupas destruídos em frente as casas.

Em São Francisco do Itabapoana a preocupação maior é em Garagaú. Várias pessoas tiveram suas casas invadidas pela água e a preocupação é grande por conta de doenças.


foto: Marina Blanc - via Internet

sábado, 20 de dezembro de 2008

Um tempo na enchente, para relaxar

Vamos relaxar um pouco com relação ao assunto enchente. Então, um vídeo curioso. Entregador foi à casa do cliente levar a pizza. Ao tirar a embalagem que a protegia, a caixa caiu e a pizza foi parar no chão. Sem constrangimento algum, o entregador se apressou a recolocá-la dentro da caixa antes que o cliente abrisse a porta. Entregou-a e saiu correndo. Tremendo cara-de-pau. Confira clicando abaixo.

Cabral visita noroeste neste sábado



O governador Sergio Cabral visita no início da tarde deste sábado (20/12) a região Noroeste do Estado do Rio de Janeiro, a mais atingida pelas chuvas no estado. Em Itaperuna, Cabral vai se reunir com os prefeitos dos municípios do Norte e do Noroeste Fluminense. Confira a matéria completa clicando aqui no Ururau.
foto: Leandro Nunes

Imagens da situação em São João da Barra

Em São João da Barra o aumento do nível do rio Paraíba também fez estragos na Sede do Município, mas a situação tende a melhorar com a baixa do rio. Já nas praias a situação é crítica em várias ruas, por conta dos alagamentos das últimas chuvas que caíram na região esta semana. Há relatos de que a situação no Açu é bastante difícil. Abaixo você confere a situação na Sede do município e nas praias de Grussaí, Chapéu do Sol e Atafona.


Grussaí - chegada
Casa na beira da estrada São João da Barra - Atafona

Rio Paraíba na Sede

Atafona

Rua da prefeitura - Sede
Chapéu do Sol

Chapéu do Sol

Propriedade na estrada São João da Barra - Atafona


fotos: Gustavo Rangel

Estrada Campos - São João da Barra: Pista liberada, mas cheia de buracos

O tráfego na estrada que liga o município de Campos a São João da Barra está calmo neste momento. Algumas informações de ontem davam contam de uma possível interdição da mesma, devido ao rompimento de um dique na altura e Barcelos. Mas tudo não passou de uma ameaça e com a diminuição do nível do Paraíba, o acesso a São João da Barra é tranquilo. Só o motorista precisa ter atenção redobrada por conta dos diversos buracos que fazem parte do trajeto.

Paraíba vai dando trégua e nível diminui

Enfim uma boa notícia: O rio Paraíba do Sul vai gradativamente diminuindo o volume de água e a expectativa é que continue baixando, deixando mais tranquila a população de Campos e demais regiões afetadas pela enchente. No início da manhã deste sábado ele estava em 10,10 m e por volta do meio dia já baixava para a casa dos 9 metros, bem melhor do que os quase 11 metros de ontem. É hora de continuar na torcida para que pare de chover na região de Minas Gerais.

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Tempo melhora, mas alerta é mantido no Sudeste


A Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) mantém a formação de muitas nuvens carregadas sobre o Sudeste do Brasil, mas a sua instabilidade está ligeiramente enfraquecida hoje. Ainda há previsão de chuva, mas o volume em relação aos últimos dias é menor sobre o Sudeste. O sol até reaparece um pouco no Norte Fluminense e no vale do rio Doce. A preocupação fica por conta do alto volume dos rios que cortam Minas Gerais e o Rio de Janeiro. Qualquer pancada moderada de chuva pode trazer novos problemas e essas regiões devem continuar em alerta.

Estrada na altura de Sapucaia está alagada

A estrada que liga Campos a Itaperuna, BR-356, também pode ser interditada a qualquer momento. Na altura de Sapucaia a água do rio Paraíba do Sul já toma conta da pista e carros pequenos passam com dificuldade. A noite o perigo se torna maior, por isso é bom que os motoristas evitem passar pelo local, pois correm sérios riscos de acidentes.

São José do Avaí em Itaperuna está alagado

fundos do Hospital São José do Avaí

O Hospital São José do Avaí em Itaperuna está com o andar térreo totalmente inundando. Neste andar funcionam: O Serviço de Diagnóstico por Imagem; os laboratórios de Patologia e de Análise Clínica, o Banco de Sangue, o Serviço de Hemodiálise, o Pronto Socorro; a Emergência Integrada; a Oncologia, com os serviços de Quimioterapia e Radioterapia e a Cozinha e Lavanderia.
A cozinha e principalmente a lavanderia são imprescindíveis para o funcionamento do Hospital. A cozinha foi improvisada na segunda andar e está servindo refeições triviais aos funcionários que estão trabalhando para atender os pacientes que não puderam ter alta.
Mas improvisar uma lavanderia industrial com máquinas e secadoras que pesam toneladas é praticamente impossível. E sem lavanderia, a situação a cada dia de cheia, vai se complicando. O estoque de roupas de cama e uniformes médicos está no final.
O hospital está sem comunicação por que a central telefônica que funcionava no andar térreo também foi inundada.
Neste momento tem cerca de 1 metro e meio de água no andar térreo e o acesso ao hospital só é feito por barcos do corpo de bombeiros.

por Emerson Tinoco - ASSESSORIA DE IMPRENSA DO HOSPITAL SÃO JOSÉ DO AVAÍ

Campos - São João da Barra, só de barco

A BR-356 que também liga os dois municípios estaria próxima de ser interditada. O mesmo dique que se rompeu na última grande enchente não suportou o volume das águas e a pista esta sendo alagada. O amigo deste blogueiro e morador em Grussaí, Flávio dos Santos, informa via telefone celular que a praia sãojoanense já começa a sofrer com o acúmulo de água. A localidade de Cajueiro também está sendo afetada, informa Flávio. Os animais estão sendo levados para lugares mais seguros e a população está apreensiva, com medo de que o mesmo estrago de dois anos se repita. De acordo com Flávio, a boa notícia é que o mar em Atafona está calmo e recebendo bem o grande volume de água, onde se encontra a foz do rio Paraíba do Sul. A prefeita Carla Machado adiou o lançamento da programação do Verão/2009, previsto para ocorrer hoje, às 10hs, no Cine Teatro São João.

Imagens da enchente em Pádua e dois desaparecidos








O leitor Alexandre da Silva envia algumas fotos tiradas ontem em Pádua. A ponte que você na foto, está bastante avariada e a cidade está ilhada. Há necessidades de roupas, água potável e comida. Há relatos de moradores que dois homens foram levados pelas águas e estão desaparecidos.
* A informação primeira era de que a ponte tinha sido levada, o que não foi confirmado ao longo do dia.

Imagens da enchente em Campos nesta sexta-feira

pescaria

Estacionamento do "Cenourão"



Orla de Guarús

Ponte da Lapa

Guarús


Rua ao lado da farmácia popular
Ponte
Lapa
Orla de Guarús
próximo a Usina São João
Orla de Guarús
Orla de Guarús
Lapa
Lapa



fotos: Gustavo Rangel

No meio do caminho tinha um buraco, tinha um buraco no meio do caminho


Na postagem abaixo o blog mostra o caos vivido na área central de Campos ontem a tarde por conta de uma obra emergencial da concessionária de água e esgotos do município. Pois bem, a noite este veículo caiu no tal buraco e foi preciso a ajuda de mais de 7 pessoas para retirarem o carro do local, inclusive este blogueiro que passava no local na hora do acontecido. O motorista reclamava da falta de sinalização e acha que o terreno cedeu. Ele promete procurar seus direitos na justiça, pois o carro ficou avariado.

Água do rio Paraíba "brota" na Lapa em Campos

Clique no vídeo e confira.
video

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Trânsito caótico no Centro e Paraíba subindo

Confira no vídeo abaixo a situação do trânsito em Campos no momento desta postagem na altura da Beira-valão com Pelinca, por conta de uma obra emergencial da empresa Águas do Paraíba. O engarrafamento na 28 de Março vai da altura da antiga Big 13 até o Isepam, principalmmnte no sentido Jockey/Centro. Quem puder, é bom evitar esses locais nas próximas horas. Enquanto isso o nível do Paraíba foi a 10,45 m em medição feita às 14h.




video

Climatempo alerta para temporais - Alerta mantido no Sudeste

A Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) mantém a formação de muitas nuvens carregadas sobre o Sudeste do Brasil. Ainda há previsão de muita chuva no norte e na Serra do Rio de Janeiro. Além da chuva sobre essas áreas há muita preocupação com os níveis dos rios que vem de Minas Gerais, que já estão muito cheios e passam sobre essas áreas fluminenses. Muita chuva prevista também para a Zona da Mata de Minas Gerais, Grande Belo Horizonte e a região sul do vale do rio Doce, também em Minas Gerais.

Italva embaixo d´água e estrada pode ser interditada. Cardoso Moreira sem energia elétrica




Italva também é outra cidade que sofre com a enchente. A BR-356 que corta a cidade está coberta de água e o trânsito pode ser interrompido a qualquer momento. Os moradores correm para salvar o que conseguem de dentro de casa.
Em Cardoso Moreira a situação não é diferente e vários moradores já deixaram suas casas e estão em residências de parentes. O contato desse blogueiro na cidade, Jodir Filho, fez algumas fotos da situação em Cardoso mas foi impossibilitado de enviar pois a energia elétrica foi cortada por volta das 11h desta quinta-feira.
" O rio subiu muito rápido esta madrugada e continua subindo. Infelizmente muitas pessoas foram pegas de surpresa. Para piorar, estamos sem energia elétrica", informa Jodir via telefone celular.
fotos: Genilson Leite - italvaonline


Rio Paraíba continua subindo e desalojando em Campos








A medição do Rio Paraíba das 10 horas da manhã de hoje marcou 10,30 metros e a previsão é de que continue subindo. Moradores da Ilha do Cunha no bairro da Pecuária já estão fora de suas casas e estão sendo abrigados no colégio 29 de Maio.
A defesa civil do município está fazendo a remoção dos moradores e seus pertences. Alguns saem por conta própria. Um pescador do bairro da Coroa informou a este blogueiro que o rio continua subindo. Moradores da Lapa também já começam a se preparar para o pior.
A informação oficiosa é de que o rio sobe cerca de 10 cm por hora. Lembrando que a última grande cheia o rio chegou aos incríveis 11,64 cm. Se continuar subindo neste ritmo, infelizmente teremos a repetição da última cheia.

fotos: Gustavo Rangel

Pádua enfrenta segunda pior enchente da história


As cheias em Minas refletem no norte fluminense. A represa de Cataguazes, por exemplo, é uma preocupação constante. O acúmulo de água pode levar a abertura das comportas e, deste modo, amplificar o transbordamento do Pomba que é afluente do Paraíba e que certamente aumentará o nível do rio em Campos.

De acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura de Santo Antônio de Pádua, a cidade enfrenta a segunda pior enchente de sua história. O rio Pomba transbordou e alagou a maior parte da cidade. Bairros inteiros e as principais ruas e avenidas, inclusive no centro da cidade, foram tomados pelas águas.
A chuva está caindo, ininterruptamente, na região noroeste do Estado do Rio e na Zona da Mata de Minas Gerais.

A expectativa é de que o nível do rio continue subindo. Isto porque a chuva ainda não cessou na região e nem em Cataguases (MG), onde o rio Pomba passa antes de chegar a Pádua. A represa de Cataguases já precisou ser aberta duas vezes, com isso, o volume de águas do Pomba deverá aumentar ainda mais.

O prefeito Luis Fernando Padilha Leite, em entrevista à Rádio Feliz, fez um apelo à comunidade, afirmando que esta é a hora de as pessoas se ajudarem mutuamente. Ele pediu também aos comerciantes para que possam doar alimentos aos que foram obrigados a sair de suas casas, deixando tudo para trás. “Vamos nos unir e trabalhar para ajudar o povo de nossa cidade, porque esta é a segunda pior enchente do município”, afirmou Nando.
foto: Assessoria de imprensa

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Chove forte em Minas e Paraíba vai subindo


O que já estávamos anunciando está acontecendo. O rio Paraíba em Campos está subindo e a última medição das 16h marcou 9,20m. Lembrando que o limite de normalidade estabelecido pela Defesa Civil é de 9,30m. Além disso, a situação começa a sair do controle. Obtive informações de amigos de Pádua que a situação lá é desesperadora em vários bairros e está difícil até para chegar a cidade, pois o rio Pomba que corta o município e é afluente do Paraíba, já teria subido ao limite de uma das pontes.

Outra informação ruim é que uma tromba d'água na região de Cataguazes foi registrada hoje e essas águas chegarão a nossa região nas próximas horas. Não quero aqui alimentar nenhum desespero à população, mas é necessário estar atento e espero que as autoridades competentes também já estejam se preparando para o pior.
foto: Leandro Nunes - site ururau

Clima quente na política cabofriense

Confusão está armada em Cabo Frio. Prefeito atual teria tido seus votos anulados e não seria diplomado. Quer saber mais sobre o assunto? Acompanhe aqui no blog do Gervásio Neto.

Paraíba começa a subir e já assusta


A informação de momento é de que o Paraíba do Sul já ultrapassou a cota de 8,70 m e se ultrapassar os 9,30 m a situação ficará bastante complicada, como vimos há dois anos quando o nível chegou aos incríveis 11,64 m.
Em contato telefônico feito com um amigo que mora na cidade de Volta Redonda, fui informado que o nível do Rio Paraíba por lá subiu consideravelmente nas últimas horas, o que leva a crer que essa água ainda estar por chegar em nossa região, como já chegou em Pádua e Miracema, afluentes pelo Rio Pomba.

Foto: Alvaro Marcos