sábado, 29 de março de 2008

Acabou o repelente.


Artigo de luxo nas drograrias e supermercados de Campos é o tal do repelente. Dispararam as vendas do produto, por conta do surto epidêmico de dengue pelo qual passa o Rio de Janeiro. Ontem fiz uma verdadeira varredura e nada para se proteger do mosquito. Até a chegada nas prateleiras, vou me virando com o velho e "bom" fumacê caseiro. Outra dica também é um repelente caseiro, o problema é que leva 8 dias para ficar pronto. Mas aí vai:

1 litro de álcool
. 12 cravos da índia
. 2 pedras de cânfora

Deixar 8 dias em fusão e depois passar pelo corpo de 2 em 2 horas.

2 comentários:

Xacal disse...

e o lubrificante também...afinal, com cacos do telahdo de vidro, dói "dimais da conta, sô"

braga disse...

O repelente natural homeopático chamado ANDIROBA também é muito bom. Para adultos o percentual é 15% para crianças 5%.